Terça-feira, 14 de Abril de 2009

hoje as professoras ajudaram-nos a recolher e fazer as médias dos resultados das experiências que repetimos com as dáfnias, pois as primeiras não estavamde acordo com os conhecimentos dos efeitos do álcool, nicotina e cafeína sobre o coração. Queriamos saber se agora os dados confirmavam as novas hipóteses que tinhamos colocado e que eram:

 

hipótese 1: O álcool é depressor

 

hipótese 2: a nicotina é estimulante.

 

hipótese 3: a cafeína é estimulante.

 

e os resultados são:

 

Resultados:
 
Controle Água
Nº individuos testados = 16
Média de batimentos cardíacos = 216 bat /min.
 
Coca-cola 1/50
Nº indíviduos testados = 8
Média de batimentos cardíacos = 252 bat /min.
 
Coca-cola 1/10
Nº individuos testados = 8
Média de batimentos cardíacos = 278 bat /min.
 
Álcool 5,6%
Nº indíviduos testados = 4
Média de batimentos cardíacos = 196 bat /min. 
 
Álcool 12%
Nº indíviduos testados = 4
Média de batimentos cardíacos = 192 bat /min.
 
Álcool 40%
Nº indíviduos testados = 4
Média de batimentos cardíacos = faleceram todos 
 
Nicotina
Nº indíviduos testados = 3
Média de batimentos cardíacos = 308 bat /min. 
 
Cafeína 30%
Nº indíviduos testados = 4
Média de batimentos cardíacos = 230 bat /min.
 

Os resultados confirmaram as nossas hipóteses, mas tinhamos pensado que a cafeína seria mais estimulante que a coca-cola, o que não se verifica.

A professora explicou que dpoderia ser das circunstâncias das experiências, dos individuos, pois foram dáfnias diferentes, ou ainda que a coca-cola era um conjunto de várias substâncias estimulantes, podendo justificar os resultados obtidos.

No álcool, verificamos que o coração fica mais lento, o que significa que há menos sangue a circular. A professora explicou que o mesmo axontece no homem, por isso quando uma pessoa conduz embriagada, ela é meis lenta a reagir.

A nicotina acelera o ritmo cardíaco, o que justifica a quantidade de fumaodres que têm ataques cardíacos.

 

7ºB

publicado por daphnianasobreira às 17:02

Terça-feira, 07 de Abril de 2009

A turma do 9º D já cocnluiu as actvidades experimentais e obteve os seguintes resultados:

 

 

Água Cafeína Nicotina Álcool 12% Álcool 40%
249 384 300 48 170

 

 

Os resultados confirmam que a cafeína e a nicotina são estimulantes e o álcool é um depressor. mas os resultados entre o álcool 12% e o álcool 40% parecem estar trocados. Uma justificação plausível seria a troca no registo dos dados do álcool.

Um dado que verificamos, quando perguntamos aos alunos se esperavam estes resultados, é que muitos afirmaram que achavam a nicotina calmante e o álcool fornecedor de energia, por isso, esperavam que a nicotina abrandasse o coração e o álcool acelerasse o coração.

Nesta experiência foram testados 3 indivíduos para a cafeína, o álcool 12% e o álcool 49%, e 7 indivíduos para a nicotina.

 

7ºB

 

publicado por daphnianasobreira às 16:11

Quinta-feira, 12 de Março de 2009

 

DROGAS LICITAS
 
Drogas lícitas são drogas que tem a sua produção e seu uso permitidos por lei apesar de trazerem prejuízos aos órgãos do corpo, e também são aceites pela sociedade, sendo disponibilizadas para comercialização, tais como as bebidas alcoólicas e cigarros.
Observa-se aqui que o facto de serem disponibilizadas não significa que não tenham algum tipo de controlo governamental, bem como não provoquem algum prejuízo à saúde mental, física e social. Isto dependerá de múltiplos factores tais como quantidade, qualidade e frequência de uso.
Numa pesquisa realizada pela OMS (Organização Mundial de Saúde) notou-se quão grande é o mercado das drogas permitidas, pois essas promovem maior necessidade ao consumidor e maior custo, já que são encontradas em todos os bairros espalhados pelas cidades. As drogas lícitas mais consumidas pela população em geral, são as seguintes: álcool, tabaco, xaropes (remédios para controlar a tosse e que podem ter substâncias como a codeína, um derivado do ópio); descongestionantes nasais (remédios usados para desobstruir o nariz) … 
Para ter conhecimento acerca das consequências promovidas pelas drogas lícitas pode-se iniciar relatando que, ao depositar qualquer substância no organismo cria-se nesse, necessidades falsas, alterando todo o funcionamento físico e psíquico.
As drogas permitidas por lei são as mais consumidas e as que mais resultam em fatalidades diárias, já que através das alterações realizadas no organismo um indivíduo perde o controlo e acaba por fazer coisas que no normal não seriam feitas. Além disso, o organismo tende a ficar mais preguiçoso já que as drogas lícitas relaxam o organismo de forma exagerada.
Podemos citar algumas doenças tais como: ataque cardíaco, doenças respiratórias, enfisema, impotência sexual, alterações na memória, perda do autocontrolo, rompimento das veias, danos no fígado, rins e estômago, cirrose hepática, úlceras, gastrites, irritabilidade, dor de cabeça, ansiedade, agitação e outros.
São consideradas drogas lícitas qualquer substância que contenha álcool, nicotina, cafeína, medicamentos sem prescrição médica, anabolizantes e outros.

 

Eduarda, Claúdia, André, Gonçalo

publicado por daphnianasobreira às 18:33


DAPHNIANASOBREIRA

pesquisar
 
Abril 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
13
15
18

19
21
22
23
24
25

26
27
28
29


arquivos
2009

DAPHNIANASOBREIRA